PROGRAMAS DE
EXTENSÃO

A UNIASSELVI adota a extensão como um pilar central para a articulação entre o ensino e a iniciação científica, buscando ações que atendam à comunidade diretamente por meio da própria IES ou através de parcerias com instituições públicas e privadas. Essa colaboração pode ocorrer a partir de iniciativas de natureza cultural, desportiva, técnica-científica e artística. Igualmente à iniciação científica, é estimulada a busca de recursos internos e externos à Instituição para o desenvolvimento de projetos específicos da área de atuação.

A política de extensão do Centro Universitário Leonardo da Vinci – UNIASSELVI – garante a promoção do processo educativo e cultural, que articulado com o ensino e a iniciação científica viabilizam uma relação transformadora entre a Instituição e a sociedade, conforme orienta o plano nacional de extensão.

As atividades de extensão permitem aos acadêmicos o aprofundamento acerca das teorias discutidas em sala e complementam a aprendizagem com a aplicação prática, além disso divulgam o conteúdo aprendido à comunidade, prestando-lhe serviços e assistência ao mesmo tempo em que gera oportunidades de aperfeiçoamento e engrandecimento de saberes da própria sociedade. Esse intercâmbio favorece a revisão e a renovação dos conteúdos curriculares e ações da IES, orientando-a para o atendimento das comunidades em que está presente, nos vários municípios brasileiros, de norte a sul do país.

O Núcleo de Programas de Extensão (NUPEX) é um órgão de apoio aos atores pedagógicos, comunidade interna e externa, que estejam envolvidos nos programas, projetos, eventos, cursos e produções intelectuais destinadas e/ou originadas das modalidades de extensão.

A Iniciação Científica no Centro Universitário Leonardo da Vinci – UNIASSELVI – é desenvolvida pelo Núcleo de Iniciação Científica (NUIC) em articulação com o ensino e a extensão, concebida como um processo educativo, cultural e científico que viabiliza a relação transformadora entre a IES e a sociedade.

Metodologias e Estratégias de Ensino Aprendizagem

Envolver a comunidade acadêmica, acerca de inúmeras temáticas no campo das aprendizagens.

Este programa trabalha fundamentalmente com temáticas relacionadas a metodologias e estratégias específicas de ensino-aprendizagem na educação a distância, ensino presencial e de formação inicial, educação continuada, educação permanente, cursos de nivelamento e formação profissional, visando à reflexão, discussão, atualização e aperfeiçoamento.

O programa tem como objetivo sensibilizar a comunidade acadêmica acerca de inúmeras temáticas no campo das aprendizagens, incitando os temas específicos que abordam diferentes metodologias e estratégias de ensino, oportunizando a reflexão e discussão quanto ao processo do conhecimento e sua eficiência e eficácia.

Formação e Capacitação Docente

Desenvolver temáticas relacionadas à formação e valorização de professores.

O programa está fundamentado em temáticas relacionadas à formação e valorização de professores, envolvendo a discussão de fundamentos e estratégias para a organização do trabalho pedagógico, tendo em vista o aprimoramento profissional e a inclusão no mercado de trabalho.

O programa tem como objetivo a formação de professores, com foco especialmente em tópicos escolares contemporâneos, conforme preconiza a BNCC, num esforço de estabelecer um vínculo entre as ações da UNIASSELVI e as escolas no atendimento da rede pública de Educação Básica, a fim de complementar, aperfeiçoar e renovar a prática pedagógica, tanto do futuro licenciado quanto do professor que já atua em sala de aula.

Educação Ambiental e Sustentabilidade

Sensibilizar a sociedade acerca dos impactos ambientais.

Este programa contempla ações na área socioambiental, voltado à produção e divulgação do conhecimento, ao desenvolvimento da cidadania e da consciência socioambiental da comunidade acadêmica interna e externa. É, portanto, composto por projetos, cursos e eventos.

O programa tem como objetivo sensibilizar a comunidade acadêmica e a sociedade civil organizada acerca dos impactos ambientais e do papel da sociedade na defesa da qualidade e sustentabilidade do meio ambiente, promovendo a discussão sobre a gestão dos resíduos, a aplicação de atividades para uso racional da água e de energia elétrica, estimular a reflexão dos participantes para adoção de hábitos e práticas sustentáveis e para o entendimento sobre o papel da sociedade na responsabilidade compartilhada.

Educação em Direitos Humanos

Sensibilizar a sociedade com as temáticas no campo dos direitos humanos.

Este programa trabalha fundamentalmente com temáticas relacionadas a direitos como liberdade, expressão e igualdade, que são reinvindicações próprias da condição humana. É composto por projetos, cursos e eventos, diferentes entre si quanto ao objeto de estudo, no entanto, semelhantes quanto à forma de abordagem aos temas selecionados.

Tem como objetivo sensibilizar a comunidade acadêmica e a comunidade externa sobre as inúmeras temáticas no campo dos direitos humanos, estimulando a superação de situações de violência, injustiça, exclusão, discriminação e estigmatização de indivíduos e grupos sociais.

Está orientado pelas diretrizes do Pacto Nacional Universitário pela promoção do respeito à diversidade, da cultura da paz e dos direitos humanos, de 2016, do ponto de vista do ensino, pesquisa e extensão em todo o espaço institucional, comunidade acadêmica e comunidade externa.

Desenvolvimento Humano

Discutir temáticas no campo do desenvolvimento humano buscando melhoria da qualidade de vida.

Este programa tem como objetivo sensibilizar a comunidade acadêmica interna e externa, bem como a sociedade civil organizada, sobre as inúmeras temáticas no campo do desenvolvimento humano, estimulando os temas específicos das diversas áreas do conhecimento.

Está orientado pelas diretrizes que norteiam os 17 objetivos de desenvolvimento sustentável que compõe a agenda de 2030 da ONU – Organização das Nações Unidas –, concretizando e equilibrando as três dimensões do desenvolvimento sustentável: a economia, a social e a ambiental, do ponto de vista do ensino, pesquisa e extensão em todos os espaços da instituição, da comunidade acadêmica e da sociedade em que está inserida.

Educação em Saúde

Ações na área da saúde voltadas para a educação.

O programa tem como objetivo sensibilizar a comunidade acadêmica interna e externa quanto a hábitos cotidianos que podem ser adquiridos e podem promover a saúde física, emocional e nutricional. Além disso, desconstruir conceitos errôneos sobre doenças, diagnósticos e terapias, orientando quanto às estratégias e formas de promoção, prevenção e tratamentos. Promovendo discussões sobre a alimentação saudável e sustentável, discussões sobre as patologias que mais acometem a população, bem como a explanação de métodos diagnósticos e tratamentos utilizados em cada particularidade.

Este programa contempla informações na área da saúde, voltado à educação para promoção da saúde, informações direcionadas à prevenção e tratamento de doenças, bem como estratégias complementares de ações/intervenções que possam contemplar o contexto sociocultural que determinada população está inserida.

Acessibilidade e Inclusão Educacional

Divulgar e o desenvolver materiais adaptativos para as diversas deficiências.

Este programa trabalha fundamentalmente com temáticas relacionadas ao ato de incluir, assegurando uma discussão pedagógica de integração e aprendizado para ações de apoio interdisciplinar, fomentando assuntos na área da inclusão e na adaptação de atividades para pessoas com deficiência, proporcionando o acesso ao conhecimento para as necessidades individuais e coletivas.

O programa tem como objetivo a divulgação e o desenvolvimento de materiais adaptativos para as diversas deficiências, especialmente com foco no ambiente educacional, conforme preconizado pela legislação vigente, a fim de complementar, aperfeiçoar e renovar a prática pedagógica inclusiva, tanto do futuro licenciado quanto do professor que já atua em sala de aula, assegurando o atendimento educacional especializado.

Este programa se orienta pelos documentos oficiais, como: Diretrizes Nacionais para a Educação Especial na Educação Básica; Política Nacional de Educação Especial na perspectiva da Educação Inclusiva; Lei Brasileira de Inclusão (LBI), também chamada de Estatuto da Pessoa com Deficiência (Lei 13.146/2015); e pela Base Nacional Comum Curricular – BNCC –.